Perca Peso Agora

É Verdade que a Biotina faz Crescer Cabelo?

A biotina está sendo associado ao tratamento de calvície, mas será que realmente é eficaz?

De tempos em tempos surgem produtos na mídia com a promessa de evitar a queda de cabelo e fortalecer as unhas. Desta vez, a "onda" não se trata de um cosmético, mas de uma vitamina do complexo B, conhecida como biotina ou vitamina H.

Ela é absorvida pelo intestino e levada aos tecidos por meio da circulação, funcionando como uma espécie de enzima, metabolizando as gorduras, os açúcares e as proteínas. Mas, será que pode ser a solução para a calvície, como tem circulado nas redes sociais?

Segundo o médico Glaysson Tassara, presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia de Minas Gerais, não existe uma comprovação científica de resultados eficazes da biotina em relação à calvície, mas, indícios mostram que ela realmente tem efeitos positivos.

"É difícil comprovar o benefício dela, mas livros citam uma ação positiva nos cabelos e nas unhas", afirma o especialista.

O dermatologista Marcelo Grossi, professor da UFMG, confirma as vantagens da biotina, mas ressalta que ela não é um medicamento de implante capilar.

"Ela tem efeitos indiretos, assim como outras vitaminas do complexo B, e não pode ser confundida com um remédio para fazer o cabelo crescer", destaca o médico.

As principais fontes de biotina são amendoim, nozes, tomate, gema do ovo, cebola, cenoura, alface, couve-flor e amêndoa. A carne vermelha, o leite, as frutas e as sementes também contam com a vitamina.

A deficiência dela é rara, já que o composto está presente em diversos alimentos. Porém, quando há carência do nutriente, os sintomas são pele seca e escamosa e fraqueza nas unhas e cabelos.

A suplementação da vitamina só é orientada quando a pessoa sofre com a ausência da biotina. Nesses casos, deve-se procurar um nutricionista ou nutrólogo.

Fonte: Encontro BH



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook