Perca Peso Agora

E a luta contra o "Aedes" continua! Vinagre é eficaz no combate à dengue

De tempero para saladas do dia-a-dia, o vinagre pode ser um grande aliado no combate à dengue. Uma pesquisa realizada na Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), ligada ao câmpus da USP (Universidade de São Paulo) de Piracicaba, em parceria com a Escola de Engenharia e o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) da mesma cidade, constatou que a adição de 5% de vinagre de qualquer tipo e marca no recipiente com água que serve de criadouro para o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, é suficiente para matar suas larvas e quebrar o ciclo da doença.

De acordo com o engenheiro agrônomo Reinaldo José Rodella, líder da equipe que iniciou as pesquisas com o vinagre em 2003, o vinagre mostrou-se eficaz no controle das larvas. Elas são colocadas pelo mosquito na água parada e limpa acumulada em recipientes domésticos ou abandonados como lixo em quintais, terrenos baldios, etc.

Segundo Rodella, os experimentos mostraram que as larvas morrem e não reaparecem na água do recipiente. Além disso, o vinagre garante um efeito residual de cerca de 10 dias, o que significa que outras larvas não conseguem se desenvolver na água com o produto.

O vinagre é composto por ácido acético diluído em água em uma proporção de 4%. É justamente essa substância que mata as larvas. Rodella explica que as larvas do Aedes aegypti absorvem de meio a dois litros de água por dia, dependendo a fase em que estão.

"O vinagre torna ácido o meio onde a larva vive", explica o coordenador da pesquisa. "Ela absorve a água e morre."

O Centro de Controle de Zoonoses de Piracicaba adotou o vinagre no combate à dengue no ano passado, quando a cidade registrou apenas seis casos da doença. Neste ano, são 55 casos.

Rodella explica que a vantagem do vinagre é que o produto é facilmente encontrado e apresenta baixa toxidade se comparado com a água sanitária, também utilizada no mesmo procedimento em todo o Estado.

A água sanitária é composta pelo hipoclorito de sódio, que também mata as larvas do mosquito da dengue quando é acrescentada em recipientes que acumulam água. "Mas o vinagre é mais barato, está presente em todas as residências para ser utilizado como tempero de saladas, e não é tóxico a ponto de prejudicar uma pessoa, principalmente crianças, que venham a ingeri-lo acidentalmente", afirma.

Rodella ensina que a população deve usar 2 colheres de vinagre para cada litro de água. A solução deve ser colocada nos recipientes que acumulam água, como pratos de plantas, ralos, etc.

Segundo ele, a pesquisa sobre o uso do vinagre levou em conta a sabedoria popular. "Não desprezamos muitos hábitos populares que utilizam o vinagre e descobrimos mais essa utilidade", afirma.

Agora com a chegada das chuvas e do calor todos precisam colaborar. E não tem mais desculpas... todo mundo tem vinagre em casa. Compartilhe!

Fonte: Folha da Região



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook