Perca Peso Agora

Dúvida Cruel! Descubra se o Certo é Guardar os Ovos na Geladeira ou em Temperatura Ambiente

Existem dois tipos de pessoas no mundo: aquelas que guardam os ovos na geladeira, a aquelas que acreditam que a temperatura ambiente é o suficiente. Há uma certa polêmica em relação ao assunto, já que cada grupo acredita estar certo, e entende que o outro está expondo sua saúde a sérios riscos.

Para se aprofundar mais no assunto, o jornal britânico Daily Mail patrocinou uma pesquisa científica em busca da resposta para esta dúvida tão antiga: o que é melhor fazer com os ovos?

A resposta certamente vai surpreender. Mas antes, vamos lembrar os argumentos usados por cada um dos grupos.

De um lado estão aqueles que acreditam que a menos que se coloque os ovos na geladeira – que tem inclusive uma bandeja plástica específica para este fim – haverá um risco de intoxicação alimentar ao consumi-los.

De acordo com o British Egg Information Service (instituto de pesquisa especializado no assunto), o único local seguro para estocar comida e evitar variações de temperatura é a geladeira. Eles, aliás, sugerem que o aviso nas embalagens de ovos seja taxativo ao dizer que eles devem ser armazenados desta maneira.

Este ponto de visto é reforçado por dois profissionais da Bristol University’s School of Veterinary Science, os doutores Rosamund Baird e Janet Corry. Segundo eles, se um ovo estiver contaminado com a bactéria da salmonella, por exemplo, mantê-lo em temperatura ambiente permitirá que a bactéria se multiplique.

E eles avisam: não é possível detectar esta contaminação de nenhuma maneira, nem por mudanças na cor, cheiro ou consistência dos ovos.

Em um estudo americano publicado no Journal of the Science of Food and Agriculture, os pesquisadores submeteram ovos a uma bateria de testes para assegurar sua qualidade, e guardaram mais de duas mil unidades em várias temperaturas diferentes ao longo de 4 semanas.

Segundo a publicação, ovos armazenados em temperaturas muito baixas pareceram estragar mais rápido do que os que permaneceram em temperatura ambiente.

Outros cientistas americanos, que trabalham na respeitada Mayo Clinic, recomendam que se jogue fora os ovos que tenham ficado fora da geladeira por mais de 2 horas.

Os adeptos dos ovos em temperatura ambiente consideram a recomendação “um total absurdo”. Fora isso, alegam que ovos gelados são capazes de destruir uma receita, porque ficam com outro sabor e também não têm liga com outros ingredientes.

Tim Hayward, que apresenta um programa na rádio inglesa BBC, garante: “Um ovo fresco dura sem problemas pelo menos uma semana em temperatura ambiente”.

O British Egg Information Service rebate o argumento de uma maneira interessante. De acordo com o instituto, os ovos devem ser mantidos a uma temperatura constante de cerca de 20º C, e, hoje em dia, a maioria dos supermercados consegue fazer isso com seu sistema de ar condicionado.

No teste promovido pelo jornal Daily Mail, os pesquisadores mantiveram um lote de ovos em temperatura ambiente e outro em uma geladeira comum com temperatura de 6º C.

Amostras dos dois grupos foram constantemente testadas à procura de bactérias como E.coli, Staphylococcus aureus, Salmonella, Listeria e outras.

A surpresa: os resultados anotados no começo do teste, ao fim da primeira semana e depois ao término das 4 semanas foram todos iguais.

Não houve diferença entre o lote da geladeira e o da temperatura ambiente. Ambos se mantiveram livres de bactérias.

Jay Tolle, diretor da FoodTest, que realizou o teste, confirmou:

Não existe vantagem alguma em manter os ovos refrigerados.

Mas será que aqui no Brasil os resultados dos testes seriam iguais?

Fonte: R7



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook