Cuidado! Colocar Lentes de Contato com as Mãos Molhadas pode te deixar Cego

A saúde dos seus olhos é mais frágil do que você pode imaginar. Por isso, procedimentos higiênicos são fundamentais para evitar irritações e outras complicações.

Todo cuidado é pouco, e até atos inofensivos, como colocar lentes de contato com as mãos molhadas podem colocar em risco sua visão.

Pelo menos foi isso que fez com que a britânica, Irenie Ekkeshis, ficasse cega de um olho. Após colocar as lentes de contato sem enxugar as mãos, seus olhos não paravam de lacrimejar. No início, ela achou que passaria rapidamente e não deu muita atenção, chegou até a comprar um colírio simples, na farmácia. Mas em pouco tempo, o incômodo foi ficando insuportável.

Quando decidiu ir ao médico, no Hospital dos Olhos Moorfield, em Londres, foi feita uma espécie de raspagem córnea, que retira as células do globo ocular para análise.

O exame a diagnosticou com ceratite amebiana, que é uma infecção rara, causada por um protozoário conhecido como Acanthamoeba keratitis (AK), normalmente encontrado na água da torneira, mar e piscinas.

Leia também: Você usa lente de contato? Tome muito cuidado com este terrível parasita

Ao tentar entender como foi contaminada, a mulher se lembrou que havia trocado de lentes sem secar as mãos antes, procedimento considerado errado por especialistas. O ideal é que as mãos sejam sempre bem lavadas, e estejam secas durante a aplicação das lentes.

Depois de ter passado por dois transplantes de córnea, algo deu errado com a retina e Ekkeshis perdeu a visão do olho. Segundo os especialistas, a ceratite amebiana foi a responsável pela cegueira.

Doença é comumente encontrada na água

O oftalmologista José Ottaiano, membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), explica que essa ameba é um parasita de vida livre, encontrado em água de torneira, banheira de hidromassagem, piscinas, soro fisiológico caseiro, e em soluções de lentes de contato.

“Mais de 80% dos casos da ceratite amebiana estão associados ao uso de lentes de contato, principalmente as gelatinosas”, afirma ele.

Segundo o especialista, a doença se caracteriza por sintomas inespecíficos como ardor, sensação de corpo estranho, irritação e vermelhidão nos olhos. Para evitar que problemas mais sérios aconteçam, é importante, assim que essas características forem notadas, procurar uma ajuda médica.

“Se o diagnóstico demorar, a ameba tende a aprofundar na córnea, dificultando ainda mais o tratamento, que é longo e tóxico, podendo durar mais de um ano e nem sempre é efetivo”, explicou Ottaiano.

Por isso, cuidados com a higiene ocular são fundamentais, principalmente em usuários de lentes de contatos. “Cuidados na exposição em ambientes com água contaminada e, nos primeiros sinais de irritação ocular, procurar um oftalmologista” finaliza o oftalmologista. Compartilhe!

Fonte: Saúde Ig




Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook