Correr pode fazer bem para o seu Joelho e até prevenir Artrite

Qualquer corredor vai falar que, em um momento ou outro, alguém já o alertou: “Você vai desgastar os joelhos!” Entretanto, um estudo liderado pelo Dr. Grace Hsiao-Wei Lo, professor assistente de medicina da Baylor College of Medicine, encontrou que a corrida, como um exercício habitual em qualquer estágio da vida, não aumenta o risco da pessoa desenvolver artrite no joelho, e pode até ajudar a protege-la de desenvolver essa doença.

Algumas pessoas pensam que correr pode ocasionar a artrite, que é causada pela ruptura da cartilagem na articulação do joelho. É sabido que fatores que podem aumentar o risco de artrite incluem: estar com sobrepeso, idade, lesões ou estresse na articulação e histórico familiar. Esse tipo de artrite é mais comum de afetar pessoas de meia-idade e idosos.

Uma pesquisa realizada anteriormente, que buscava encontrar uma conexão entre a corrida e a artrite no joelho, focava apenas atletas de elite e do sexo masculino. Segundo o próprio autor, dificilmente os achados poderiam se aplicar à população em geral.

A preocupação de que a corrida regular possa contribuir para a artrite do joelho se apoia no fato de que a sobrecarga mecânica crônica que ocorre no joelho possa ser prejudicial. No entanto, os corredores normalmente têm um menor índice de massa corporal (IMC), um fator protetor contra o desenvolvimento da artrite no joelho.

“Diretrizes recentes do CDC (Centro de Controle de Doenças) recomendam que todos os adultos participem de atividade física regular, já que há evidência definitiva de que o aumento da atividade física está associado com a redução dos eventos cardiovasculares e com a mortalidade”, diz Lo. “No entanto, a influência dessas atividades físicas sobre a artrite do joelho não está clara. Uma vez que correr é uma atividade física de lazer comum que envolve cargas repetitivas, o que poderia ser prejudicial para a articulação, eu estava particularmente interessado em estudar como a corrida habitual se relaciona com o desenvolvimento de artrite do joelho”.

Para abordar esta questão, Lo e seus colegas usaram os dados de 2.683 participantes de um estudo observacional, o Osteoarthritis Initiative. Desses, 29% relataram que correram em algum momento de suas vidas.

Os pacientes realizaram radiografias dos joelhos, avaliações dos sintomas e foram solicitados a completar pesquisas sobre as atividade físicas que realizaram em diferentes faixas etárias ao longo de suas vidas. Os raios-X dos joelhos foram realizados e, em seguida, analisados para evidências de artrite radiográfica usando a escala de Kellgren-Lawrence (KL. Os participantes com graus KL de dois ou mais foram considerados como tendo artrite radiográfica (AR).

Os pesquisadores também mensuraram se os participantes sentiam dor frequente no joelho. Para um participante ser considerado com artrite sintomática (AS), ele deveria possuir pelo menos um joelho com AR e dor frequente. Qualquer um que já tenha realizado uma artroplastia total do joelho foi classificado como tendo dor frequente, AR e AS.

Após coletar os dados, os pesquisadores notaram que corredores, independentemente da idade que correram, possuíam uma menor prevalência de dor no joelho, AR e AS do que os não corredores. Para as pessoas que correram em algum momento da vida, 22.8% demonstraram sinais de artrite no joelho em comparação com 29.8% dos não corredores. Pessoas com o menor IMC foram os que mais reportaram ser corredores habituais.

Os pesquisadores concluíram que a corrida regular, mesmo em um nível não-elite, não só não aumenta o risco de desenvolver artrite no joelho, como pode proteger contra ela.

“Isso não aborda a questão de saber se é ou não prejudicial correr para as pessoas que têm artrite preexistente no joelho“, disse Lo. “No entanto, para pessoas que não possuem artrite de joelho, não há razão para restringir a participação habitual em corridas em qualquer momento da vida, a partir da perspectiva de que correr não parece ser prejudicial para a articulação do joelho”.

Compartilhe os resultados dessa pesquisa com os seus amigos corredores!

Fonte: Resgate do Movimento




Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook