Perca Peso Agora

Conhecimento é Combustível para o Cérebro: Como Parar o Encolhimento do Seu Cérebro e Melhorar Seu Processo de Pensamento

O encolhimento do cérebro parece assustador e doloroso, mas isso poderia simplesmente ser causado por uma atividade estúpida, drogas, ou por um hábito que você está fazendo inconscientemente todos os dias. O declínio da memória e a dificuldade de raciocínio são associados ao encolhimento do cérebro, mas alterando alguns aspectos em sua vida e adicionando alguns exercícios, você estará dando uma melhor chance a ele.

Comece tendo uma boa noite de sono. Menos do que 6 a 8 horas de sono está associado ao encolhimento da matéria cinzenta no cérebro ao longo do tempo, de acordo com um estudo recente publicado na revista Neurology.

Cientistas da Universidade de Oxford, na Inglaterra, colaboraram com a Universidade de Oslo, na Noruega, para coletar e comparar as imagens cerebrais de 147 adultos noruegueses por 3,5 anos. Os participantes do estudo foram convidados a responder sobre a sua qualidade de sono, padrões, e sonolência diurna. Em média, os participantes levavam 20 minutos para adormecer e dormiam uma média de sete horas por noite, mas aqueles que tinham má qualidade de sono, experimentaram encolhimento no córtex frontal, além da deterioração ou atrofia em outras três áreas do cérebro, incluindo as responsáveis pelo raciocínio, planejamento, memória e resolução de problemas.

Seu cérebro é composto de matéria cinzenta e branca. No entanto, a matéria cinzenta faz parte de grande área do sistema nervoso central e é onde a maioria dos neurônios estão localizados. Os neurônios nos permitem pensar, ver, ouvir, falar, sentir e mover. A substância branca possui esse nome a partir dos axônios mielinizados de cor branca que contêm, usados para aumentar a velocidade das mensagens de todo o cérebro.

A matéria cinzenta, por outro lado, é a chave para o processamento da informação, uma vez que é realizado ao longo de fibras nervosas até que chegue ao seu destino.

O encolhimento cerebral pode ajudar na psicose por reduzir a quantidade de atividade alimentada através de seus pensamentos, exatamente por isso que as drogas antipsicóticas são conhecidas por encolher o cérebro.

Os volumes de matéria cinzenta encolhem de acordo com os diferentes tipos de antipsicóticos, e quanto maior as dosagens, mais encolhimento da massa cinzenta, em última análise, diminuindo a quantidade de mensagens enviadas por todo o cérebro. Nesse caso, os pesquisadores dizem que o encolhimento pode valer a pena, porque ele diminui a atividade da dopamina que controla centros de recompensa e prazer do cérebro, diminuindo alucinações e psicoses.

Quem sofre de depressão precisa cuidar do destino de seus cérebros, de acordo com um estudo realizado por pesquisadores de Yale que encontraram o encolhimento de dendritos (as estruturas que ligam as mensagens dos neurônios) por falta de prazer e felicidade.

Os investigadores, estudando camundongos, descobriram que após receberem uma droga para bloquear a produção de estresse, pararam de produzir as proteínas que danificam o cérebro.

Grandes estresses da vida podem realmente diminuir severamente os neurônios no córtex pré-frontal (PFC), responsáveis pelo metabolismo, glicose, processamento emocional e resolução de problemas.

Outra parte do cérebro responsável por recompensa é chamada de striatum, que também processa a motivação e é exatamente por isso que a pornografia também pode encolher o seu cérebro. Cientistas alemães revelaram recentemente em um estudo que quanto mais frequentemente homens entre as idades de 21 e 45 usavam pornografia, menos matéria cinzenta cerebral possuíam.

As conexões entre o corpo estriado do cérebro e do PFC, que também controlam impulso, controle social, supressão de emoções e controle de impulsos sexuais, são agravados com a maior frequência do uso de pornografia. Os investigadores acreditam que os resultados sugerem menos controle e capacidade de decisão entre os que assistem filme pornô do que os que não assistem.

Dicas para impulsionar o seu cérebro

  • Se você é destro, pegue a caneta com a mão esquerda e tente escrever algumas frases diariamente. Execute assim – não usando a mão dominante, tarefas simples, como comer ou escovar os dentes, e vá forçando o seu cérebro a reaprender de uma maneira nova e envolvendo novas conexões cerebrais.

  • Tome ácido docosahexaenoico (DHA) durante 6 meses. É um ácido graxo ômega-3 que compõe os blocos de construção centrais do tecido cerebral. DHA também é conhecido por combater a inflamação e acúmulo de placa.

  • O exercício melhora o desempenho cognitivo e enriquece a estimulação cerebral no fator neurotrófico derivado do cérebro (BDNF), uma substância que fortalece as células cerebrais e conexões neurais. Inclusive, o exercício tem o poder de construir novas células no hipocampo, responsável pela memória, organização e armazenamento de informações.

  • A meditação irá dar ao seu cérebro a energia que necessita. Os hospitais chamam de “resposta ao relaxamento”, o que reduz a pressão arterial, frequência cardíaca e ansiedade. Yoga, meditação, ou reza podem reverter as expressões de genes envolvidos com a programação de morte celular.

Fonte: Essentia



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook