Perca Peso Agora

Conheça as 6 doenças mais comuns na Gravidez e como evitá-las!

A gravidez é um período em que as mulheres precisam de um pouco mais de cuidado, afinal, o corpo passa por transformações e está gerando mais uma vida. Existem doenças comuns na gravidez, e é importante ficar mais atenta a elas a fim de preveni-las. Nessa hora, um plano de saúde para gestantes é ideal a fim de fazer o melhor acompanhamento (para inibir qualquer complicação) e tratamento, nos casos em que precisar.

Porém, fique de olho nas doenças mais comuns e, ao menor sinal, procure seu médico:

1. Infecções Urinárias

As infecções urinárias são bastante comuns e correspondem a 80% dos casos, portanto, merecem total atenção. As mais comuns são a cistite e a candidíase, sendo que a prevenção pode ser feita de forma simples.

É preciso que a mulher tome bastante água e não segure a vontade de urinar, pois, assim, o aumento dos hormônios não se tornará um problema.

2. Anemia

A anemia ferropriva é resultado da falta de ferro no sangue, porém ele será fundamental para a formação do feto. Quando há falta dessa substância, a mulher começa a se sentir fraca, cansada, pálida e com sono em excesso.

A prevenção pode ser feita com uma alimentação reforçada e com alimentos que forneçam uma grande quantidade de ferro - como agrião, espinafre, fígado, melão e outros. Em casos mais graves é possível que o médico receite um complemento vitamínico com ferro.

3. Diabetes Gestacional

Ela aparece como um resultado de um aumento na produção de insulina pelo pâncreas, fazendo com que os níveis de açúcar fiquem elevados. Costuma surgir em torno da 26ª semana de gestação e pode permanecer após o parto.

Os sintomas são sede excessiva e aumento da vontade de urinar, sendo que são mais frequentes em mulheres obesas. A prevenção deve ser feita com o acompanhamento do ganho de peso, sendo que o limite deve ser de 12 kg durante toda a gestação. O exame de sangue será essencial para acompanhar esses níveis de açúcar.

4. Crise de Asma

As mudanças metabólicas que ocorrem na gravidez acabam interferindo na respiração, ocorrendo refluxos ou infecções respiratórias. Como resultado surge a asma ou o agravamento dela em quem já a possui.

É comum que a mulher comece a sentir cansaço, falta de ar, chiado no peito e tosse. Para se prevenir é preciso evitar muito esforço físico, que faz com que a respiração fique mais difícil, fumaça e excesso de poluição, que podem agravar uma crise.

5. Pré-eclâmpsia

A pré-eclâmpsia é uma doença que faz com que haja aumento da pressão arterial e pode acarretar diversos problemas. Ela costuma ocorrer com maior frequência no terceiro trimestre de gestação.

Como resultado de sua presença aparece o inchaço, dor de estômago,cabeça e no abdômen e visão embaralhada. O acompanhamento deve ser feito com um médico e a mulher deve evitar o sal em sua alimentação.

6. Distúrbios da Tireóide

A tireóide é responsável pela produção de hormônios e pode sofrer alterações, levando ao hipertireoidismo ou ao hipotireoidismo.

Quando o problema surge é comum que se ganhe ou perca peso, surja a taquicardia e agitação. Apesar de ser um problema fácil de ser tratado, não há uma forma de preveni-lo, sendo que o seu surgimento depende do funcionamento do organismo. Por conta disso, é comum que o médico solicite exames para realizar o acompanhamento.

Com um plano de saúde para grávidas os exames são feitos rapidamente. Caso não tenha, é importante marcar uma consulta no posto e realizar o tratamento o quanto antes, até mesmo pagando algum exame que não seja agendado logo, afinal, é a saúde de alguém muito importante que está em jogo. Não descuide!



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook