Perca Peso Agora

Comer Chocolate pelo menos 1 vez por Semana pode Melhorar a Memória e Aumentar a Concentração

Cravar os dentes em uma barra de chocolate pode ser uma das maiores alegrias da vida, e um estudo realizado pela University of South Australia deixou essa ideia melhor ainda. Os pesquisadores comprovaram, através de experimentos, que as pessoas que comiam chocolate uma ou mais vezes por semana tiveram um melhor desempenho em uma série de testes cerebrais relacionados a memória, concentração, raciocínio e processamento de informações.

Esse resultado está relacionado aos flavonoides – compostos químicos encontrados em abundância no chocolate amargo – que anteriormente foram relacionados à redução do risco de demência, combate ao ganho de peso, diminuição do riso de doenças cardíacas e diabetes tipo 2.

Os cientistas analisaram os efeitos do chocolate sobre o organismo, através da capacidade de uma pessoa se lembrar de uma lista de palavras ou onde um objeto foi colocado. Assim, eles observaram a retenção da informação, o processamento e a recuperação. Os resultados dos testes mostraram que as pessoas que comeram chocolate pelo menos uma vez por semana tiveram melhor desempenho do que as comiam menos de uma vez por semana.

O autor principal do estudo, Dr. George Crichton, relatou que o chocolate e os flavonoides têm sido associados a melhorias em uma série de queixas de saúde desde os tempos mais antigos, e que conseguiram associar o doce a uma melhora no sistema cardiovascular, porém, pouco se sabia sobre os benefícios do chocolate para os sistemas cognitivo e comportamental.

O estudo não é pioneiro, pesquisas anteriores já mostravam os efeitos do consumo do produto sobre o desempenho cerebral, mas somente no momento em que uma pessoa comia ou bebia algo com, ou derivado de chocolate. Porém, o recente estudo procurava mostrar os benefícios da ingestão habitual do doce. Sendo assim, os cientistas conseguiram comprovar que o consumo de chocolate está relacionado a uma melhora na função cerebral, quando ajustados os fatores de idade, sexo, educação, colesterol, glicose, pressão arterial, energia e até mesmo ingestão de álcool.

Contudo, o pesquisador enfatiza que o chocolate deve ser consumido como parte de uma dieta saudável de acordo com estilo de vida de cada um.

“Claro que a ingestão de chocolate deve ser considerada dentro de um padrão global de alimentação saudável, com a ingestão total de energia sendo considerada em relação às necessidades de energia de um indivíduo”, afirmou.

Além disso, os pesquisadores descobriam que em pacientes idosos, o consumo diário de cacau ajuda a melhorar a perda de memória – que pode evoluir para um quadro de demência ou Alzheimer.

Fonte: Jornal Ciência



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook