Cafeína faz muito mais do que se pensava para o bem da nossa saúde!

A cafeína natural é riquíssima em benefícios para a saúde, e é com certeza um dos mais antigos estimulantes do planeta. Um estudo recente, realizado pelo Departamento de nutrição da Harvard School of Public Health, onde avaliaram 30 anos de pesquisas, conclui-se que cafeína faz muito mais do que se pensava.

Compararam-se bebedores de café com indivíduos que não o consomem, e observou-se uma redução da taxa de morte por:

  • Derrames
  • Diabetes
  • Distúrbio neurológico
  • …e até mesmo suicídio!

Consumo/Redução do risco de morte

  • 1 xícara por dia – 6%
  • 1 a 3 xícaras por dia – 8%
  • 3 a 8 xícaras por dia – 15%

Cafeína é um estimulante cerebral seguro

Segundo estudo publicado no Neurology, o consumo de 3 xícaras por dia reduz o risco de declínio mental em mais de 50%.

A cafeína se liga a receptores “adenosina” que são o seu sinal para dormir, te deixando ligado. Com isso, o seu cérebro libera acetilcolina, um químico cerebral que acelera o seu pensamento, melhora a memória e aumenta o foco. Em minutos, sua mente estará pronta para agir.

Mas há um problema com a cafeína proveniente do café: logo mais o seu corpo começa a liberar mais adenosina para superar os receptores bloqueados. Quando isso acontece, você sente o choque da cafeína.

Para evitar isso, há uma melhor fonte de cafeína, que age como café para acordá-lo, deixá-lo alerta e com muita energia, mas sem o choque do café: é o guaraná.

Isso porque o guaraná é cheio de guaranina, um membro mais fraco da família da cafeína. Porém, ele torna-se poderoso por uma característica especial: ele também é cheio de ácidos graxos saudáveis, que reduzem o efeito indesejável da cafeína.

Os estudos mostram mesmo que o guaraná funciona! Para melhores resultados, é aconselhável tomar o guaraná com uma dose de colina.

Conforme o guaraná faz com que o seu cérebro libere acetilcolina, tornando as suas conexões cerebrais mais rápidas e claras, você precisará repor seu reservatório de acetilcolina. É para isso que seu corpo usa colina, o que ajuda na regeneração das suas reservas.

Outra opção é você ingerir um alimento rico em colina como: bife de fígado,ovo, carne magra, carne de porco, bacalhau e shitake.

Vale a pena, porque além de te manter alerta essas substâncias agem como um supertratamento antienvelhecimento! Compartilhe!

Referências bibliográficas:

  • Circulation February 2009
  • Int J Food Microbiol March 2009
  • Royal Society of Chemistry May 2011
  • J Alzheimer’s Disease 2011
  • Am J Clin Nutr. April 2012

Fonte: Dr. Rondó




Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook