Perca Peso Agora

Blogueira Aproveitou que Estava com Candidíase e Usou os Fungos Vaginais para Fabricar Pães

Zoe Atravi, contou em seu blog que preparou o próprio pão fermentado com fungos de sua vagina. Sim, isso mesmo! Ela conta que a experiência extraordinária veio de uma combinação cruel de humor, uma mente científica aguçada e um toque de fungos.

Zoe contou que acordou um dia com coceira vaginal causada pela candidíase, e levou na esportiva, pensando que aquilo poderia ser usado para o seu benefício, como por exemplo, para fazer pão. Para coletar os fungos que estavam proliferando na sua genitália, e fermentar sua massa, ela raspou seu vibrador em uma bacia que continha farinha e água.

Receita do pão de fungos vaginais

Para preparar o pão, Zoe utilizou uma massa lêveda típica, usando ingredientes básicos, como farinha e água. Além disso, seria necessário a inclusão de lactobacilos ou leveduras, que no caso da blogueira foram substituídos por fungos vaginais. Ela contou no twitter que o tempo de fermentação demorou três dias.

Somente no quarto dia é que os pães foram para o forno. Ela conta que, para amassar a massa, ela usou luvas, afinal, segundo Zoe, “seria repugnante se houvesse DNA humano, como vestígios de pele dos dedos, na massa a ser assada”. Depois de assado, o pão, segundo a moça, ficou com um gosto maravilhoso e a fermentação funcionou muito bem, pois cresceu e ficou fofinho.

Muita gente criticou a atitude da moça, alertando que a Candida albicans não é o fungo ideal para fermentação e que essa levedura não deve ser ingerida.

Zoe argumentou que, após os pães irem para o forno, os fungos iriam morrer na alta temperatura do preparo, assim como qualquer outro tipo de fermento natural, explicou em sua rede social. “Se as pessoas estão com nojo, por que comem embutidos, então?”, disse ela no twitter.

A Cândida albicans é o fungo mais comum responsável pela candidíase, uma infecção que se pode desenvolver em qualquer parte do corpo, mas que é mais frequente nos órgãos genitais e na boca devido à baixa do sistema imune. A Cândida albicans na boca pode ocorrer mesmo em indivíduos com sistema imune normal, pois há pessoas mais susceptíveis a este tipo de infecção do que outras.

Até onde se sabe, é a primeira vez que alguém utiliza essa levedura para fazer pães, mas, tem louco para tudo!!

Fonte: Diário de Biologia



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook