Bebês são hospitalizados e lutam pela vida após visita de um amigo com "gripe"

A mãe Laura Wallis, 25 anos, decidiu contar sua história para alertar outros pais sobre o perigo de pessoas com alguma doença contagiosa irem visitar o bebê, mesmo quando a visita acha que tem apenas uma simples gripe.

As gêmeas de Laura nasceram cinco semanas prematuras. “Assim que minhas bebês nasceram, eu expliquei para toda minha família e amigos que mesmo uma doença simples poderia fazer mal às minhas pequenas. Mesmo assim, um amigo decidiu ir nos visitar tendo o que achava ser uma gripe. Eu não acredito que alguém decidiu simplesmente arriscar e ir visitar minhas bebês doente. Agora elas podem morrer”, desabafou Laura Wallis em entrevista ao jornal DailyMail.

Ocorre que a pessoa não estava com uma simples gripe. A visita havia contraído o Vírus Sincicial Respiratório (VSR). Este vírus causa infecção nos pulmões e sistema respiratório e pode ser mortal nos bebês mais novinhos, especialmente nos prematuros.

Esta condição pode ser facilmente confundida com uma gripe. Isto porque os sintomas de VRS de fato são muito semelhantes à uma gripe, como o nariz entupido, febre, dor de garganta, dor de cabeça e tosse seca.

Após a visita, Harper, a gêmea menorzinha, foi a primeira apresentar sintomas de doenças. Seus pais a levaram para o hospital após ela ficar com o rostinho mais azulado. Após um dia internada, a pequena foi mandada de volta para casa. Mas no dia seguinte, a outra gêmea, Harlow, também começou a ficar doente. “Quando eu vi, ela estava super molinha e com dificuldades para respirar. Eu fiquei horrorizada e com medo de perder minha filha. Chamei a ambulância e eles vieram rapidamente”, disse Laura.

As gêmeas estão internadas há três dias, ambas contraíram o VRS da visita.

“Parte meu coração e é muito assustador ver minhas filhas assim. Quando eu preciso sair do lado das minhas filhas por um momento, eu já fico muito nervosa com o que pode ocorrer enquanto eu estiver fora. Eu fico constantemente preocupada com a possibilidade do estado de saúde das minhas filhas piorar”, desabafou Laura.

O estado de saúde das gêmeas está melhorando e a pequena Harlow não precisa mais de ajuda de aparelhos para respirar.

Diante de tudo que ocorreu, Laura tem uma mensagem muito clara a todos que pretendem visitar um bebê: “Não chegue perto do bebê se você está doente! Não vale a pena arriscar. Mesmo se você está só com o nariz entupido, não arrisque!"

"Com bebês qualquer doença pode levar a problemas sérios porque eles ainda têm o sistema imunológico fraco”, conclui Laura.

Esperamos que as gêmeas se recuperem logo!

Fonte: Bebê & Mamãe




Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook