Perca Peso Agora

AVC hemorrágico: entenda a doença!

Este tipo de acidente vascular cerebral é o mais grave e de pior prognóstico. Por sorte responde pela minoria dos casos – cerca de 20% deles. É mais comum em jovens e pode vir acompanhado de uma forte dor de cabeça, náuseas e vômitos.

Mas às vezes não dá nenhum sinal. Sabe-se que alguns hábitos, como fumar, usar contraceptivos orais (principalmente os que têm muito estrógeno) e o abuso de álcool e drogas favorecem esse tipo de ataque.

Existem 2 formas de AVC hemorrágico:

1. Sub-aracnóide

Um vaso da superfície se rompe, derramando sangue no espaço entre o cérebro e o crânio. A causa mais comum é o rompimento de um aneurisma, as dilatações nas artérias que ficam cheias de sangue como um balão. Em geral o gatilho para esse estouro é a pressão alta.

2. Hemorragia intra-cerebral

O derramamento de sangue é no meio da massa cinzenta, normalmente por causa do envelhecimento dos vasos ou da hipertensão crônica. Só 10% dos AVC se enquadram aqui.

Tratamento do AVC hemorrágico

O tratamento do AVC hemorrágico pode ser feito através de uma cirurgia no cérebro ou com a administração de medicamentos, dependendo do tamanho da lesão, da sua localização e do estado do paciente.

A cirurgia tem como objetivo retirar o sangue derramado de dentro do cérebro, remover o coágulo de sangue que possa ter causado a ruptura, fechar o aneurisma e aliviar o excesso de pressão dentro do cérebro causado pelo sangramento.

O tratamento clínico consiste no uso de medicamentos para tratar a pressão arterial elevada, crises convulsivas ou infecções. Em casos mais graves pode ser necessário transfusões de sangue.

Após a melhora do paciente deve ser iniciada a fisioterapia e/ou terapia ocupacional para melhorar a qualidade de vida do paciente e diminuir as lesões.

Sequelas do AVC hemorrágico

Algumas possíveis sequelas do AVC hemorrágico são: paralisia, dificuldade para falar, engolir, pensar ou fazer as atividades da vida diária.

O AVC hemorrágico não é tão comum como o AVC isquêmico, porém causa mais frequentemente a morte do indivíduo.

A prevenção do AVC hemorrágico pode ser feito com a alteração de alguns hábitos de vida, como a prática de exercício físico regular, dieta pobre em gorduras e sal, e acompanhamento médico adequado para o bom controle da pressão arterial.

Fonte: Revista Saúde




Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook