Perca Peso Agora

Atenção! Tomar Estatinas Aumenta o Risco de Cataratas

Para muitos milhares de usuários de estatinas, o mundo é uma névoa… literalmente!. Enquanto são levados à cirurgia para remover as cataratas, eles podem ainda ouvir a frase familiar soando nos seus ouvidos: “Os benefícios são maiores que os riscos.”

A verdade é que as estatinas são, de modo geral, SÓ risco. Elas já foram ligadas à diabete, danos aos rins e músculos, à depleção de vitaminas e nutrientes essenciais, perda de memória e outros problemas.

E agora os pesquisadores canadenses revelaram outra situação surpreendentemente ruim: elas podem estar roubando também a sua visão!

De acordo com um novo estudo, a partir do momento que você começa a usar estatinas, o seu risco para cataratas aumenta exponencialmente por quase 30%!

Isso significa que você tem mais probabilidade de desenvolver cataratas do que evitar um enfarte ao consumi-las!

E isso, meu amigo é a própria definição dos riscos maiores que os benefícios! Nem isso evitou que as “ovelhas médicas” continuassem a falar sobre aqueles benefícios praticamente inexistentes. Aliás, segundo um oftalmologista, suas chances de desenvolver cataratas na medida em que envelhece seriam próximas de 100%, então seria melhor que você continuasse tomando aquelas estatinas porque “é do seu melhor interesse”. Ledo engano!

É claro que todos estão em risco de desenvolver cataratas, da mesma forma que estamos todos em risco para todas as doenças existentes, incluindo o câncer, a diabete e doenças cardíacas. Mas esta não é nenhuma razão para você incrementar o seu risco em 30% a mais, concorda?

Na verdade, você deveria estar se esforçando para REDUZIR os seus riscos. E você pode começar conversando com o seu médico sobre criar um plano para parar de tomar aquelas estatinas perigosas.

Os seus olhos precisam de colesterol para funcionar corretamente! Fique atento!

Referências bibliográficas:

  • JAMA OphthalmologySeptember 19, 2013
  • British Medical Journal May 20, 2010; 340:c2197
  • Applied Physiology, Nutrition and Metabolism 2011 Oct;36(5):598-607
  • American Journal of Cardiovascular Drugs 2008;8(6):373-418
  • New England Journal of Medicine November 9, 2008

Compartilhe!

Fonte: Dr. Rondó



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook