Perca Peso Agora

As Folhas dessa Árvore tem Mais Cálcio que o Leite de Vaca e Mais Ferro que o Espinafre

Já pensou se você pudesse consumir uma planta com mais cálcio do que o leite e ainda por cima mais ferro do que o espinafre? E se a mesma planta tivesse entre as suas propriedades a capacidade de limpar a água? Parece bom demais para ser verdade, mas estas são apenas algumas das características da moringa.

Originária da Ásia e da África, a árvore de moringa mede até 12 metros de altura e já é considerada como uma erva medicinal pela medicina ayurvédica há 4 mil anos. Ela é usada no tratamento de malária a dores de estômago, além de possuir alto valor nutritivo.

A moringa ainda contém 7 vezes mais vitamina C que a laranja, 4 vezes mais vitamina A do que a cenoura, 4 vezes mais cálcio que o leite de vaca, 3 vezes mais ferro que o espinafre e 3 vezes mais potássio do que a banana.

Sim, é uma super planta para todos os gostos. Se não bastasse, ela ainda conta com um ótimo balanço de aminoácidos essenciais, aqueles que precisamos ingerir pois não são produzidos pelo corpo humano.

Outra característica incrível da planta é sua capacidade de “limpar a água”. Graças a uma composição particular das sementes da moringa, quando trituradas e misturadas à água turva e não potável, elas são capazes de fazer com que a água se torne novamente própria para consumo. Isso ocorre devido ao pó destas sementes possuir uma propriedade capaz de atrair argila, sedimentos e bactérias, limpando a água e deixando todas as sujeiras no fundo do recipiente.

Saiba como cultivar uma Árvore de Moringa

Em se tratando de paisagismo comestível, uma árvore de Moringa é difícil de superar. Esta árvore versátil pode ser cultivada durante o ano todo em qualquer clima tropical, como o do Brasil.

De crescimento rápido, nutritiva, e agradável de se admirar, a Moringa está ganhando popularidade diariamente. O que poderia ser mais fácil do que caminhar em seu quintal, e colher verduras saudáveis para servir em sua mesa?

Passos

1- Obtenha algumas sementes de Moringa de uma das várias fontes que as vendem

Existem diversas variedades, mas as sementes da Moringa oleifera e Moringa stenopetala são as mais fáceis de conseguir. Na foto, as sementes da Moringa oleifera são as sementes marrons; no lado esquerdo. As sementes de Moringa stenopetala são as sementes brancas na foto; no lado direito. É fácil de dizer que elas não se parecem uma com a outra, mas ambas são sementes de Moringa.

Para uma árvore de crescimento rápido, que irá produzir folhas, flores e vagens da semente logo no primeiro ano, escolha a Moringa Oleifera. Segue uma boa foto, de por que é melhor manter sua árvore de Moringa a uma altura manejável; isso faz com que a poda das folhas e vagens se torne muito mais fácil de fazer. As vagens mostradas, penduradas na árvore de Moringa, contém as sementes de Moringa. Elas podem ser plantadas tão logo quanto as vagens estejam secas, ou armazenadas para posterior plantio.

Se você quer uma árvore de crescimento rápido com folhas muito maiores, tornando mais fácil a tarefa de colher folhas para uma refeição, opte pela Moringa Stenopetala. As flores e vagens demoram mais tempo a se desenvolver na variedade Africana da Moringa - a Moringa Stenopetala.

As sementes são muito diferentes, mas ambas geram árvores de Moringa. Na realidade, as sementes têm basicamente o mesmo tamanho; mas você pode ver que elas não têm a mesma aparência. As sementes de Moringa Oleifera são arredondadas, amarronzadas e de formato triangular. As sementes da Moringa Stenopetala, fora de sua casca, são amendoadas e pardo-claras.

2- Decida onde você gostaria de cultivar a sua árvore de Moringa

Lembre-se de que as árvores de Moringa podem ultrapassar os 6 metros de altura, no primeiro ano. O crescimento médio é de cerca de 4,5 metros, entretanto, em condições ótimas, elas podem crescer muito mais. Porque os galhos irão crescer, em média, um metro no primeiro ano, você precisar analisar se você quer plantar sua árvore de Moringa perto de estruturas pré-existentes. Moringas precisam de bastante luz solar, calor e água, para vingar - então pense sobre onde sua árvore irá obter a melhor exposição ao sol.

3- Obtenha a melhor terra orgânica que você conseguir encontrar.

Moringas não gostam de terra pesada, solo argiloso ou vermiculita. Elas irão crescer em solo pobre, solo arenoso, e solo empobrecido, mas elas não gostam de suas raízes ficando molhadas. Tenha isso em mente, e se necessário, compre areia para misturar à terra, ou use qualquer tipo de solo que estiver disponível em sua região, e acrescente bagaço de coco, turfa, perlita, ou areia para soltá-lo. Isto dará às raízes de Moringa espaço para ir mais fundo, e escoar bem. A Moringa tem uma raiz principal, o que significa uma única raiz que vai diretamente para baixo como uma cenoura. Ela tem pequenas raízes de alimentação mas não apresenta ramificação de raízes. Plante sua árvore onde a raiz principal tenha bastante espaço para ir para baixo. Se for plantar em um recipiente, encontre o mais fundo que você puder. A Moringa pode ser cultivada como uma árvore solitária, em filas, ou como uma cerca viva.

Se você quiser cultivá-la como uma cerca viva, plante as sementes no solo a uma distância de 30 cm uma da outra. Arranque uma a cada duas novas folhas que crescerem, para forçar a árvore a crescer como um arbusto, e uma vez que elas tiverem aproximadamente 60 cm de altura, corte os galhos ao meio no sentido do comprimento, e arranque o novo broto que irá brotar no topo da árvore de Moringa.

  • Se você vai cultivar suas árvores de Moringa em filas, plante as sementes cerca de 90 cm umas das outras, em filas que estejam distantes pelo menos 1,8 m, para tornar mais fácil a remoção de ervas daninhas e caminhar entre as filas.

  • Se você vai cultivar sua Moringa como uma árvore solitária, apenas lembre-se de dá-la bastante espaço, para que seus galhos possam se espalhar. Periodicamente, pode o topo da árvore, para estimular novo crescimento, e pode os galhos pela metade. Isso irá garantir que sua Moringa vingue, e te dê muitas belas flores, folhas comestíveis, e vagens - por anos a fio.

4- Faça um buraco no solo de cerca de 2 a 2,5 cm de profundidade

Plante as sementes de Moringa, cubra com terra, e soque a terra no lugar. Anote a data que você plantou sua semente ou sementes, para que você possa monitorar seu crescimento. Depois de ter coberto as sementes, regue a terra cuidadosamente. Sejam elas plantadas em recipientes, ou diretamente no solo, elas vão precisar de uma cuidadosa irrigação diária, até que você veja o broto emergir do solo. Uma vez que eles surgiram, você pode regar a cada dois dias, até que elas atinjam cerca de 45 cm de altura. Então, uma vez por semana será suficiente.
Algumas pessoas encharcam as sementes de água até que elas brotem, e só então as plantam. Esse método também funciona, mas sementes de Moringa são muito resistentes, e não necessitam desse passo adicional.

Fonte: Hypeness

Wikihow



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook