Perca Peso Agora

Apenas 57% dos Brasileiros usam Fio Dental, diz pesquisa

Segundo uma pesquisa realizada pelo Datafolha, por encomenda do Conselho Federal de Odontologia, apenas 57% dos brasileiros usam fio dental. Esse dado é bastante preocupante uma vez que esse item simples é o grande responsável por remover os restos de alimentos e resíduos que ficam presos entre os dentes, os quais a escova não consegue eliminar.

Para Alexandre Bussab, cirurgião-dentista e diretor da Clínica Brasil Smiles, falta conscientização principalmente por parte do governo e dos profissionais.

“Segundo o IBGE, 18% das pessoas no Brasil nunca foram ao dentista, ou seja, quase 1 a cada 5. Esses índices são muito altos e só mostram a falta de cuidado que nós, como um todo, temos com a saúde bucal. A utilização do fio dental é muito pequena por causa da nossa própria cultura, pois o brasileiro não tem o costume de ir ao dentista, mas isso já está mudando” , diz o especialista.

Segundo ele, o papel do dentista é muito importante nessa história, pois é sua função orientar e ensinar sobre a utilização do fio dental bem como os benefícios deste aos dentes, à gengiva e à limpeza da cavidade bucal.

Mais dados

A mesma pesquisa apontou que desses 57%, apenas 30% os usam mais de uma vez por dia.

“Isso também está errado. É recomendado que a escovação seja feita de quatro a cinco vezes ao dia para remover a placa bacteriana que se forma nos dentes. E o fio dental deve acompanhar as escovações, sendo usado sempre após as refeições e antes de dormir”, diz Alexandre.

Problemas mais sérios

E engana-se quem pensa que negligenciar o fio dental não é um grande problema. Quando fazemos isso podemos desenvolver desde uma simples cárie nos dentes até mesmo uma inflamação na gengiva chamada gengivite ou ainda sua versão mais severa, a periodontite. “A periodontite compromete a saúde da gengiva e abala a base de sustentação dos dentes”, diz o especialista.

Não precisa ser especialista para entender que se a sustentação dos dentes fica abalada, a perda dental se torna uma situação possível. “Além disso, quando temos estes tipos de inflamações bacterianas, podemos desenvolver uma endocardite bacteriana (problema no coração) ou até mesmo uma septicemia generalizada que é uma infecção em todo o organismo, quadro que pode levar à morte”, diz Alexandre.

Os desdobramentos da cárie

Dados do Ministério da Saúde mostram que aos 5 anos de idade mais de 53% das crianças já tiveram cárie. “A cárie é causada por substâncias corrosivas expelidas pelas bactérias que destroem o esmalte dental, formando buracos. Se não for tratada, pode evoluir para uma infecção na raiz. Nesses casos são necessários tratamentos de canal, cirurgia e até mesmo a extração dos dentes”, diz o dentista.

Apesar de ter desdobramentos assustadores, preveni-la é muito fácil. “Os grandes vilões são os doces, porque o açúcar se associa à placa bacteriana enfraquecendo o esmalte do dente e deixando-o mais suscetível às cáries”, diz Alexandre.

Ou seja, o ideal é evitar o consumo exagerado de doces e nunca abrir mão de todas as etapas da higienização bucal.

Escovar os dentes é importante, mas o fio dental também tem papel fundamental para a saúde bucal e a qualidade do seu sorriso.

Fonte: Terra



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook