Perca Peso Agora

Alimentos Funcionais: O Que é Isso?

Muito se fala em alimento funcional, o tema sempre é retratado em revistas de saúde e alimentação. Hoje vamos entender o que é um alimento funcional e quais são seus benefícios para o organismo. Acompanhe!

Enquanto os polêmicos transgênicos pretendem revolucionar a cadeia produtiva, outros alimentos chegam mais discretamente às prateleiras dos mercados e vem ganhando espaço.

São os chamados funcionais ou nutracêuticos que são alimentos que, além de cumprirem sua função nutricional básica, contem compostos que trazem benefícios à saúde, assim como podem auxiliar na redução de doenças crônico-degenerativas.

Os alimentos funcionais são aqueles capazes de desempenharem papel metabólico ou fisiológico por meio da atuação de um nutriente ou não nutriente no crescimento, no desenvolvimento, na manutenção e em outras funções normais do organismo humano.

Na verdade, todo alimento natural (digo não processado industrialmente) pode ser classificado como “funcional”, já que contém, em doses variáveis, componentes essenciais à nossa saúde, como vitaminas, minerais, enzimas, fibras – porém, certos alimentos contém, além destes, outros componentes com grande capacidade protetora da saúde.

É o caso do extrato de alho, da semente da linhaça, dos cereais, dos vegetais da família dos crucíferos, dos produtos lácteos – que tem recebido o “status” de medicamento e tem sido classificados como alimentos funcionais.

Entre os alimentos funcionais mais investigados hoje destacam-se o tomate, os peixes e óleos de peixe, linhaça, as crucíferas (brócolis, couve de bruxelas, repolho, entre outros), o alho e a cebola, as frutas cítricas, o chá verde, as uvas/vinho tinto, os cereais com a aveia, os prebióticos e os probióticos, entre tantos outros.

São alimentos que além de nutrir possuem componentes ativos que atuam sobre o organismo produzindo efeitos metabólicos e/ou fisiológicos e/ou benéficos sobre a saúde.

O alimento funcional, além de suas funções nutricionais como fonte de energia e de substrato para a formação de células e tecidos, possui em sua composição uma ou mais substâncias que atuam modulando e ativando os processos metabólicos, melhorando as condições de saúde pelo aumento da efetividade do sistema imune, promovendo o bem-estar das pessoas e prevenindo o aparecimento precoce de alterações patológicas e de doenças degenerativas, que levam a uma diminuição da longevidade.

Inicialmente é preciso esclarecer que os alimentos funcionais não curam doenças, ao contrário dos remédios, e são conhecidos, também, como nutracêuticos, embora esse termo seja menos usado.

Eles apresentam componentes ativos capazes de prevenir doenças ou reduzir o risco de certas doenças.

Dentre as doenças mais investigadas estão as cardiovasculares, câncer, hipertensão, diabetes, doenças inflamatórias, intestinais, certas afecções reumáticas, Mal de Alzheimer, entre outras.

Quando consumidos em sua forma natural, ou seja, na forma de alimento, não apresentam contra indicações e podem ser consumidos com tranquilidade. Um alimento funcional deve continuar sendo um alimento, e deve demonstrar os seus efeitos em quantidades que possam normalmente ser ingeridas na dieta: não é uma pílula ou uma cápsula, mas parte do padrão alimentar normal.

Já os nutracêuticos são suplementos dietéticos que apresentam uma forma concentrada de um possível agente bioativo de um alimento, presente em uma matriz não alimentícia, e usado para melhorar a saúde, em dosagens que excedem aquelas que poderiam ser obtidas do alimento normal (exemplo: licopeno em cápsulas ou tabletes).

Confira abaixo os principais benefícios de alguns alimentos funcionais para o organismo:

Casca de uva, vinho tinto e maçãs – Redução de doenças cardiovasculares e formação de coágulos e inflamações

Brócolis, repolho, couve-flor e rabanete – Aumento da atividade de enzimas que combatem a formação de células cancerígenas

Tomate, goiaba e melancia – Atividade antioxidante, redução do risco de doenças cardiovasculares e proteção contra o câncer (especialmente de próstata)

Folhas Verdes – Proteção contra degeneração macular, manutenção de uma boa visão

Linhaça – Inibição de tumores, prevenção de doenças cardiovasculares e controle de doenças auto-imunes e inflamatórias

Grãos integrais, frutas e vegetais em geral – Melhora na saúde intestinal, redução do risco de câncer de cólon e controle do colesterol e glicemia

CONHEÇA UM POUCO NA TABELA DE ALIMENTOS FUNCIONAIS

Fonte: Chasing Health



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook