Perca Peso Agora

A Probabilidade de um Obeso Atingir o Peso Normal É Menor que 1%

A chance de uma pessoa obesa atingir peso corporal normal é de 1 em 210 para homens, e 1 em 124 para mulheres. Esse índice aumenta para 1 em 1.290 para homens, e 1 em 677 para mulheres em casos de obesidade grave.

Um estudo liderado pelo King’s College de Londres sugere que os programas de controle de peso atuais, com foco na dieta e nos exercícios, não são eficazes na luta contra a obesidade.

A pesquisa, financiada pelo Instituto Nacional de Pesquisa em Saúde (NIHR) do Reino Unido, acompanhou o peso de 278.982 participantes (129.194 homens e 149.788 mulheres) de 2004 a 2014.

O estudo analisou a probabilidade de pacientes obesos alcançarem peso normal ou uma redução de 5% do peso corporal; pacientes que fizeram alguma intervenção cirúrgica foram excluídos do estudo. Um mínimo de três registros de índices de massa corporal (IMC) por paciente foram utilizados para estimar as mudanças de peso.

A dificuldade em manter a perda de peso

A chance anual de pacientes obesos alcançarem 5% de perda de peso foi de 1 em 12 para homens, e 1 em 10 para as mulheres. O problema é que 53% recuperou este peso dentro de dois anos e 78% tinham recuperado o peso dentro de cinco anos.

No geral, apenas 1.283 homens e 2.245 mulheres com um IMC de 30 a 35 atingiram seu peso corporal normal, equivalente a uma probabilidade anual de 1 em 210 para homens e 1 em 124 para as mulheres. Para aqueles com IMC acima de 40, as chances foram para 1 em 1.290 para homens e 1 em 677 para mulheres com obesidade grave.

O efeito sanfona, com aumentos e diminuições no peso corporal, também foi observado em mais de um terço dos pacientes.

O estudo concluiu que os tratamentos atuais de obesidade não estão conseguindo a perda de peso sustentada para a maioria dos pacientes obesos.

“Já foi demonstrado que perder 5% a 10% do seu peso corporal traz benefícios de saúde significativos e é frequentemente recomendado como um alvo da perda de peso.

Esses resultados mostram o quanto é difícil para as pessoas com obesidade atingir e manter até mesmo pequenas quantidades de perda de peso”, diz Alison Fildes, da Divisão de Pesquisa em Saúde e Assistência Social King’s College de Londres.

Prevenção é o remédio para a obesidade

“Uma vez que alguém se torna um adulto obeso, é muito improvável que ele volte a um peso corporal saudável.

Novas abordagens são urgentemente necessárias para lidar com essa questão. Tratamentos de obesidade devem se concentrar na prevenção do sobrepeso e do ganho de mais peso por pessoas já obesas, enquanto também devem ajudar aqueles que perdem peso a manter essa conquista.

A prioridade precisa ser a prevenção do ganho de peso em primeiro lugar”, alerta Fildes.

O ponto de vista da prevenção é corroborado pelo professor Martin Gulliford, autor sênior da Divisão de Pesquisa em Saúde e Assistência Social do King’s College.

“As estratégias atuais para combater a obesidade, que centram-se principalmente na redução de calorias e no aumento da atividade física, não estão ajudando a maioria dos pacientes obesos a perder peso e manter essa perda de peso. A maior oportunidade para conter a atual epidemia de obesidade está no mais amplo alcance das políticas de saúde pública para prevenir a obesidade na população".

Fonte: CBSDC



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook