A calvície do Príncipe

Nem mesmo o príncipe da Inglaterra está livre da calvície, e nessas fotos podemos notar a rápida evolução no caso dele. Os tratamentos atuais como o MMP (microinfusão de medicamentos na pele) associado ao uso de remédios em casa podem mudar essa evolução e impedir que se chegue a estágios avançados da alopécia androgética, termo médico utilizado para a popular calvície.

Nos estágios mais avançados os remédios apenas já não são mais tão efetivos isoladamente, por isso a importância de se acrescentar outras estratégias para a manutenção e melhora do volume do cabelo, e uma delas é o MMP capilar.

Já imaginou uma técnica de tratamento onde podemos colocar medicamentos ativos diretamente no local onde ele irá agir? Com a Microinfusão de Medicamentos na Pele (MMP) podemos conseguir isso e de uma maneira pouco traumática ou dolorida.

O MMP utiliza uma máquina com microagulhas que fazem movimento de idas e vindas e penetram na pele com profundidade e velocidades controladas. Através desse movimento os medicamentos estéreis são depositados diretamente dentro da pele, onde irão atuar nos folículos de pelo, estimulando o seu desenvolvimento, tendo uma ação mais direta no problema.

A queda de cabelo, decorrente em especial da calvície, tanto masculina quanto feminina, é uma das maiores aplicações desse tipo de tratamento e onde tem mostrado resultados cada vez mais consistentes. A aplicação é feita em toda área afetada do couro cabeludo sob anestesia local, normalmente com intervalos mensais e a quantidade de sessões varia de acordo com o estágio de evolução da queda capilar.

Tem algum amigo que sofre com esse problema? Compartilhe com ele essa opção de tratamento!

Fonte: Dermatologia & Saúde




Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook