Perca Peso Agora

6 Curas Incríveis Para o Resfriado Comum. A #6# Vai Deixar Muita Gente Feliz!

Chega de coriza, espirros, tosses ou sibilos!

Se existe algo pior do que o frio lá fora, são os resfriados que atacam por dentro. E pior ainda é imaginar que ainda temos um longo inverno pela frente.

E olha que eu estou falando de um resfriado comum, tido como supostamente incurável. Mas será que isso está certo? Acho melhor tirarmos a prova dos nove.

Veja abaixo algumas dicas para evitar, amenizar e até curar esse bendito resfriado. E você pode fazer tudo isso sem nem precisar tocar em uma droga se quer.

1- Água oxigenada:

A água oxigenada pode eliminar tudo, desde doenças gengivais até o câncer, sendo que o incômodo rinovírus por trás do resfriado comum não tem a mínima chance contra ela.

Existem duas maneiras de colocar esta substância para funcionar, mas a chave do sucesso é começar precocemente, já na primeira fungada, ou quando você sente aquela coceira reveladora no fundo da garganta.

Primeiro, deite de lado e use um conta-gotas para pingar 2 ou 3 gotas de água oxigenada em seu ouvido. Vai ser frio e fará um monte de barulho, quase como se tivesse uma cafeteira em seu ouvido. Seja forte! Aguente firme! É tudo para o seu bem.

Fique parado por alguns momentos, e então, faça no outro ouvido. (Atenção: Se você tiver qualquer problema com os seus tímpanos, fale com o seu médico antes de fazer isto; talvez não seja indicado neste caso).

Esta limpeza não só tirará todo o lixo de dentro dos ouvidos, como também matará o vírus do resfriado alojado em seus ouvidos e cavidade nasal.

Feito isso, gargareje com água oxigenada para matar qualquer bactéria na garganta. Mesmo que você não esteja doente, uma enxaguada com água oxigenada é uma maneira excelente de matar os germes na boca e na garganta.

2 – Zinco:

Este mineral é o principal ingrediente na maioria dos remédios para resfriados vendidos sem prescrição, e com razão: ele funciona!

Um estudo descobriu que 75 mg de zinco subtrai 3 dias do resfriado. Quando você considera que um resfriado típico dura de 4 a 7 dias, esta é praticamente uma cura milagrosa.

Entretanto, tem um lado ruim aqui também. O zinco em demasia pode causar diarreia e gases, e não do tipo disfarçável.

Você pode evitar estes “pronunciamentos” se você tomar doses menores ao longo do dia. As pastilhas com zinco funcionam bem nesses casos. Mas, cuide para não mordê-las, deixe-as dissolver na sua boca.

Outro efeito colateral do zinco é bem mais agradável e vai ajudá-lo a aproveitar melhor o tempo extra na cama. Nos homens, o zinco aumenta a função erétil; e nas mulheres, o zinco melhora a lubrificação vaginal. Ponto para o zinco!

Se um de vocês ficar doente, tomem o zinco juntos. Ele vai curar um e evitar o resfriado no outro; e uma vez que o vírus se for, vocês podem manter um ao outro aquecido. Entendeu?

3 – Glutationa:

Você não ouve falar muito sobre este potente antioxidante, e isto é uma pena, pois ela é um componente crítico encontrado em cada célula do corpo e importantíssimo para o sistema imune.

Infelizmente, a maioria das células não apresenta quantidade suficiente de glutationa, mas quando elas obtêm o que precisam, os vírus não ousa nem mostrar as caras feias microscópicas.

Um estudo recente descobriu que os suplementos de glutationa dobra a atividade das células que matam tudo pelo seu corpo que ousa pensar em deixar você doente. Essas células são chamadas de células de defesa. Elas são praticamente as heroínas protetoras do nosso organismo.

4 – Caldo de galinha:

O bom e velho caldo de galinha não é só eficaz em aliviar uma garganta em carne viva de tanto tossir, mas também está carregada de carnosina, um composto que incrementa o sistema imune que pode estancar a replicação dos vírus dentro do seu corpo.

Esse é o tipo de alimento que consegue exterminar os resfriados e lutar conta a gripe, e se isto não for o suficiente, o caldo usado como a base da sopa também está cheio de outros nutrientes que incrementam o sistema imune.

Para que você obtenha o melhor caldo possível, faça-o começando do zero. Comece com água fria e os ossos do frango de ontem à noite; cozinhe-o em fogo brando (não ferva) por 12 a 24 horas e depois congele-o para que você o tenha em mãos quando mais precisar.

5 – Vitamina D:

Como a gripe, o vírus do resfriado é um oportunista barato e que ataca geralmente no inverno, em parte porque o seu sistema imune está com pouca vitamina D essencial que o seu corpo fabrica com a ajuda do sol.

É por isso que os estudos mostram que as pessoas que tomam suplementos de vitamina D no inverno têm menor risco de resfriados e gripes.

Um estudo realizado no Japão, por exemplo, descobriu que os suplementos de vitamina D na estação fria diminuem o risco de resfriados e gripes em 300%.

6 – Cerveja:

Já posso imaginar quanta gente não está comemorando com essa notícia! Mas, sim, a cerveja ajuda e muito no combate e prevenção dos resfriados. Ela contém a humulona, um composto encontrado no lúpulo que consegue combater os vírus que causam as infecções respiratórias. O hábito de beber moderadamente estimulará o seu sistema imune.

Agora, você provavelmente não curará um resfriado só com a cerveja. Embora ela contenha a humulona, essa substância está em um nível baixo. Dito isto, não há razão para não adicioná-la ao seu arsenal em combinação com alguns, ou todos, os tratamentos acima.

No mínimo, a cerveja ajudará a tirar os seus calafrios o que já é uma grande vantagem!

Com todas estas dicas você não precisa mais ficar preso por conta de um resfriado. Com esse arsenal você será mais forte, pode apostar!

Referências Bibliográficas:
Hydrogen Peroxide Therapy”, Farr, Charles H., M.D., Ph.D., Health Consciousness, February l989, pg. l4. Antioxidant Enzymes in Human Tears”, Crouch, Rosalie K., et al, Journal of Ocular Pharmacology, 1991;3(7):253-258.
Antioxidant Enzymes Reduce Loss of Blood-Brain Barrier Integrity in Experimental Optic Neuritis”, Guy, John, M.D., et al, Archives of Ophthalmology, September l989;l07:l359-l363.
Oxidants and Human Disease: Some New Concepts”, Halliwell, Barry, FASEBJ, l:358-364;l989.
Oxidative Therapy”, Farr, Charles H., M.D., Ph.D., Health Consciousness, February l989, pg. 56-57.
Free Radicals, Antioxidants and Human Disease: Where Are We Now”, Halliwell, Barry, M.D., et al, Journal of Laboratory and Clinical Medicine, June 1992;119(6):598-620
Nutrition and Health Aspects of Free Radicals and Antioxidants”, Aruoma, O.I., et al, Fd. Chem. Toxic., 1994;32(7):671-683
Randomized trial of vitamin D supplementation to prevent seasonal influenza A in schoolchildren,” Urashima M, Segawa T, et al, Am J Clin Nutr, 2010 March 10.
Association between serum 25-hydroxyvitamin D level and upper respiratory tract infection in the Third National Health and Nutrition Examination Survey,” Ginde AA, Mansbach JM, Camargo CA Jr, Arch Intern Med, 2009; 169(4): 384-90.

Fonte: Dr. Rondó



Receba Dicas de Saúde Grátis

Tenha uma vida mais saudável com nossas melhores dicas e novidades.

Compartilhar no Facebook